Modelagem volumétrica para bracatinga (Mimosa scabrella) em povoamentos da Região Metropolitana de Curitiba

Modelagem volumétrica para bracatinga (Mimosa scabrella) em povoamentos da Região Metropolitana de Curitiba
QR Code

Modelagem volumétrica para bracatinga (Mimosa scabrella) em povoamentos da Região Metropolitana de Curitiba

Os objetivos desta pesquisa foram: desenvolver equações para estimativa do volume do fuste e delenha de bracatinga (Mimosa scabrella Benth.); avaliar a acurácia das estimativas, tendo como comparador osvolumes verdadeiros obtidos pelo método do xilômetro e testar a validade da equação publicada por...

Full abstract

Saved in:
Translated title: Volumetric modeling for bracatinga (Mimosa scabrella) in bracatinga stands in Curitiba metropolitan region
Journal Title: Pesquisa Florestal Brasileira
Main Author: Sebastião do Amaral Machado
Other Authors: Marco Aurélio Figura;
Luís César Rodrigues da Silva;
Saulo Jorge Téo;
Lorena Stolle;
Edílson Urbano
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/59
Resource type: Journal article
Source: Pesquisa Florestal Brasileira; No 56 (Year 2008).
Publisher: Embrapa Florestas
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Sciences --> Biodiversity Conservation
Sciences --> Biology
Sciences --> Environmental Sciences
Applied Sciences --> Agriculture, Multidisciplinary
Applied Sciences --> Agronomy
Applied Sciences --> Forestry
Abstract: Os objetivos desta pesquisa foram: desenvolver equações para estimativa do volume do fuste e delenha de bracatinga (Mimosa scabrella Benth.); avaliar a acurácia das estimativas, tendo como comparador osvolumes verdadeiros obtidos pelo método do xilômetro e testar a validade da equação publicada por Ahrens(1981). Foram cubadas 384 árvores em bracatingais, até um diâmetro mínimo de 4 cm na ponta fina. O conjunto devalidação foi composto por 55 árvores cubadas pelo xilômetro. O processo de validação utilizado baseou-se nostestes de ² (qui-quadrado), diferença agregada, erro padrão da estimativa, erro médio e na distribuição gráficados resíduos. A melhor equação obtida para o fuste foi a provinda do modelo de Schumacher-Hall. Para lenha, foinecessário estratificar os dados, formando um conjunto com árvores de DAP < 6 cm e outro com DAP 6 cm,sendo a melhor equação para o primeiro a provinda do modelo Parabólico e para o segundo a do modelo deSchumacher-Hall. As equações validadas resultaram em valores de ² não significativos a 5 % e sem tendênciasvisíveis ao longo da amplitude de DAP coletada. A equação de Ahrens (1981) também teve um ² nãosignificativo a 5 %, mas apresentou uma forte subestimativa ao longo de toda a sua amplitude.
Translated abstract: The objectives of this research were: to develop equations to estimate the stem and firewood volume of bracatinga (Mimosa scabrella Benth.); to evaluate the accuracy of the estimates having as a  comparator the true volumes obtained by the xylometer method; to  test the validity of Ahrens' (1981) published equation. In bracatinga stands, 384 trees were measured until a minimum diameter of 4 cm at the small end. The validation set was composed by 55 trees measured by the xylometer. The ² (chi-square), aggregated difference test, standard error of estimation, average error and graphical distribution  of the residuals were used on validation process. The best equation obtained for the stem was provided by Schumacher-Hall model. For  firewood, data were stratified, forming one set of trees with DBH < 6 cm and other with DBH 6 cm. The first set was best modeled using Parabolic model, while the second one performed better applying  Schumacher-Hall model. The validated equations resulted in ² values not significant at the level of 5% and no visible tendencies along the collected DBH extent. Ahrens' (1981) equation also had a not significant ² value at 5%, but presented a strong underestimate along all its DBH extent.