Doses de fertilizante de liberação controlada no índice de clorofila e na produção de mudas de grápia

Doses de fertilizante de liberação controlada no índice de clorofila e na produção de mudas de grápia
QR Code

Doses de fertilizante de liberação controlada no índice de clorofila e na produção de mudas de grápia

O objetivo do presente trabalho foi definir a melhor dose de Osmocote® para a produção de mudas de Apuleia leiocarpa para 60 e 90 dias de permanência no viveiro após o transplantio e acompanhar a resposta do índice de clorofila das mudas durante o período em estudo. O delineamento experimental utili...

Full abstract

Saved in:
Translated title: Doses of controlled release fertilizers in the chlorophyll content and production of seedlings of grapia
Journal Title: Pesquisa Florestal Brasileira
Main Author: Osmar Henrique de Castro Pias
Other Authors: Edison Bisognin Cantarelli;
Juliano Berghetti;
Rogério Leschewitz;
Elizandro Ricardo Kluge;
Lucindo Somavilla
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/419
Resource type: Journal article
Source: Pesquisa Florestal Brasileira; Vol 33, No 73 (Year 2013).
DOI: http://dx.doi.org/10.4336/2013.pfb.33.73.419
Publisher: Embrapa Florestas
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Sciences --> Biodiversity Conservation
Sciences --> Biology
Sciences --> Environmental Sciences
Applied Sciences --> Agriculture, Multidisciplinary
Applied Sciences --> Agronomy
Applied Sciences --> Forestry
Abstract: O objetivo do presente trabalho foi definir a melhor dose de Osmocote® para a produção de mudas de Apuleia leiocarpa para 60 e 90 dias de permanência no viveiro após o transplantio e acompanhar a resposta do índice de clorofila das mudas durante o período em estudo. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, sendo constituído de cinco tratamentos, e dez repetições. Os tratamentos consistiram em doses crescentes de Osmocote® ( 0, 3, 6, 9 e 12 kg m-3 de substrato).Avaliou-se o índice de clorofila, diâmetro do colo e altura das mudas aos 60 e 90 dias após transplante (DAT), área foliar, massa seca da parte aérea, comprimento e massa seca das raízes aos 90 DAT. A partir dos valores médios dos pontos de máximaeficiência técnica, de diâmetro de colo e altura das mudas, concluiu-se que a melhor dose de Osmocote® para a produção de mudas de A. leiocarpa é de 7,94 e 7,73 kg de Osmocote® m-3 de substrato, para um período de permanência em viveiro de 60 e 90 diasapós o transplantio, respectivamente. O índice de clorofila demonstrou comportamento quadrático frente às doses de Osmocote® e correlação positiva com as variáveis altura e diâmetro do colo das mudas.
Translated abstract: The objective of this work was to define the best doses of Osmocote® for Apuleia leiocarpa seedling production for 60 and 90 days residence in the seedling nursery after the transplanting and to observe the chlorophyll index response of the seedlingsduring the studying period. The experimental design used was completely randomized, with five treatments and ten repetitions. The treatments consisted of increasing doses of Osmocote® ( 0, 3, 6, 9 e 12 kg m-3 of substratum). There chlorophyll index, seedlingdiameter and height at 60 and 90 days after transplantation, leaf area, aerial part dry mass, root length and dry mass at 90 days after transplantation. Considering the average values of the points of maximum technical efficiency, seedling diameter and height, it was concluded that the best dosage of Osmocote® for A. leiocarpa seedling production, in a period of 60 and 90 days after transplantation are 7.97 and 7.73 kg of Osmocote® m-3 of substratum, respectively. The chlorophyll index demonstrated quadratic behavior for Osmocote® doses and positive correlation with the variables height and seedling diameter.