Testemunho e subjetividade contemporânea: narrativas de vítimas de estupro e a construção social da inocência

Testemunho e subjetividade contemporânea: narrativas de vítimas de estupro e a construção social da inocência
QR Code

Testemunho e subjetividade contemporânea: narrativas de vítimas de estupro e a construção social da inocência

O texto propõe a hipótese de que a passagem da subjetividade moderna à contemporânea tem como correlato e condição o privilégio do testemunho sobre a confissão como forma de discurso autobiográfico. Os lugares de diferenciação entre confissão e testemunho foram o poder da ação humana e a relação com...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Lumina
Main Author: Paulo Vaz
Other Authors: Amanda Santos;
Pedro Henrique Andrade
Palabras clave:
Language: Portuguese
Get full text: https://lumina.ufjf.emnuvens.com.br/lumina/article/view/407
Resource type: Journal article
Source: Lumina; Vol 8, No 2 (Year 2014).
Publisher: Universidade Federal de Juiz de Fora
Usage rights: Reconocimiento (by)
Subjects: Social Sciences --> Communication
Abstract: O texto propõe a hipótese de que a passagem da subjetividade moderna à contemporânea tem como correlato e condição o privilégio do testemunho sobre a confissão como forma de discurso autobiográfico. Os lugares de diferenciação entre confissão e testemunho foram o poder da ação humana e a relação com o passado individual. Narrativas de vítimas de estupro publicadas na Internet forneceram o suporte empírico para a experimentação. Em alguns casos, esses testemunhos podem ser vistos como uma forma de arrependimento. No final, apresentamos algumas razões para que seja mostrada a construção social da vítima inocente.