THE VISION FROM THE FAMILY MEMBERS OF A PSCHYATRIC HOSPITAL USERS ABOUT HOME VISIT

THE VISION FROM THE FAMILY MEMBERS OF A PSCHYATRIC HOSPITAL USERS ABOUT HOME VISIT
QR Code

THE VISION FROM THE FAMILY MEMBERS OF A PSCHYATRIC HOSPITAL USERS ABOUT HOME VISIT

Objetivo: este estudo objetivou compreender a visão de familiares de usuários de um hospital psiquiátrico sobre a Visita Domiciliar em saúde mental. Método: Estudo qualitativo descritivo. Utilizou-se a técnica de entrevista semiestruturada. Participaram do estudo 14 familiares em um hospital psiquiá...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
Main Author: Elias Barbosa de Oliveira
Other Authors: Jovana Lucia Schettini Mendonça
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/2031
Resource type: Journal article
Source: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online; Vol 5, No 1 (Year 2013).
DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2013.v5i1.3531-3538
Publisher: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Applied Sciences --> Nursing
Abstract: Objetivo: este estudo objetivou compreender a visão de familiares de usuários de um hospital psiquiátrico sobre a Visita Domiciliar em saúde mental. Método: Estudo qualitativo descritivo. Utilizou-se a técnica de entrevista semiestruturada. Participaram do estudo 14 familiares em um hospital psiquiátrico público situado no município do Rio de Janeiro-Brasil, em 2007. Resultados: a família, diante da sobrecarga emocional, social e econômica decorrente das recaídas do paciente, referiu sentimentos de frustração, estresse e impotência, tendo ratificado a importância da Visita Domiciliar como recurso terapêutico devido à necessidade de ajuda e orientações para o enfrentamento dos problemas referidos. Conclusão: a visita domiciliar em saúde mental, na visão da família, é um recurso terapêutico por contribuir para a prevenção de crises e recaídas do paciente minimizando o sofrimento psíquico e o isolamento social do grupo.