Quality of work life: repercussions for the health of nursing worker in intensive care

Quality of work life: repercussions for the health of nursing worker in intensive care
QR Code

Quality of work life: repercussions for the health of nursing worker in intensive care

RESUMO: Objetivos: caracterizar as situações que favorecem ou interferem na Qualidade de Vida no Trabalho de enfermagem em terapia intensiva e analisar as repercussões da Qualidade de Vida no Trabalho na saúde do trabalhador de enfermagem da terapia intensiva. Métodos: Pesquisa qualitativa, descriti...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
Main Author: Érica Lima Ramos
Other Authors: Norma Valéria Dantas de Oliveira Souza;
Francisco Gleidson de Azevedo Gonçalves;
Ariane Silva Pires;
Déborah Machado dos Santos
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/2833
Resource type: Journal article
Source: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online; Vol 6, No 2 (Year 2014).
DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2014.v6i2.571-583
Publisher: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Applied Sciences --> Nursing
Abstract: RESUMO: Objetivos: caracterizar as situações que favorecem ou interferem na Qualidade de Vida no Trabalho de enfermagem em terapia intensiva e analisar as repercussões da Qualidade de Vida no Trabalho na saúde do trabalhador de enfermagem da terapia intensiva. Métodos: Pesquisa qualitativa, descritiva, desenvolvida em um hospital da rede privada do Município do Rio de Janeiro. Sujeitos 15 profissionais de enfermagem, o período de coleta de dados foi julho de 2008. O instrumento utilizado foi à entrevista semiestruturada. A análise dos dados deu-se através da análise temática de conteúdo. Resultados: Os resultados demonstraram que, dentro da instituição, existem cargas de trabalho que provocam o desgaste físico e mental. Conclui-se que esta situação acaba gerando conflitos de sentimentos e repercussões na saúde do trabalhador sob forma de estresse e dores no corpo.