The national policy of primary care in municipal centers of health from programmatic area 1.0

The national policy of primary care in municipal centers of health from programmatic area 1.0
QR Code

The national policy of primary care in municipal centers of health from programmatic area 1.0

Objetivo: Discutir a política nacional de atenção básica do Sistema Único de Saúde junto aos profissionais de saúde de três centros municipais de saúde. Método: Qualitativo, descritivo-reflexivo e pesquisa-ação. A população foi os profissionais de saúde que atendem mulheres e crianças. Foram selecio...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
Main Author: Ana Leticia Monteiro Gomes
Other Authors: Ana Carolina Mendes Soares;
Marília Almeida Antunes;
Luiziane de Oliveira Geraldo da Silva;
Nátale Carvalho de Souza Lugão;
Maria Antonieta Rubio Tyrrell
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/3330
Resource type: Journal article
Source: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online; Vol 6, No 4 (Year 2014).
DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2014.v6i4.1335-1348
Publisher: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Applied Sciences --> Nursing
Abstract: Objetivo: Discutir a política nacional de atenção básica do Sistema Único de Saúde junto aos profissionais de saúde de três centros municipais de saúde. Método: Qualitativo, descritivo-reflexivo e pesquisa-ação. A população foi os profissionais de saúde que atendem mulheres e crianças. Foram selecionados todos os profissionais dos centros municipais de saúde da área programática 1.0. Para coleta de dados foram realizados três seminários que foram gravados, transcritos e lavrados com atas. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Escola de Enfermagem Anna Nery sob protocolo 37/08. Resultados: Os dados foram submetidos à análise temática, seguida da construção de quatro categorias. Conclusão: Os sujeitos acreditam que a maior dificuldade de realizar os princípios da atenção básica é por falta de recursos humanos para realizar ações educativas no âmbito coletivo já que no individual é realizado. Descritores: Políticas públicas, atenção básica à saúde, capacitação profissional, enfermagem.