Estimação de volume de Pterogyne nitens em plantio puro no sudoeste da Bahia

Estimação de volume de Pterogyne nitens em plantio puro no sudoeste da Bahia
QR Code

Estimação de volume de Pterogyne nitens em plantio puro no sudoeste da Bahia

A obtenção do volume é fundamental para o entendimento do potencial produtivo de um povoamento florestal. No entanto, como esta variável não é facilmente mensurável, torna-se necessária a obtenção de estimativas. Esse estudo teve como objetivos selecionar modelos volumétricos e avaliar a eficiência...

Full abstract

Saved in:
Translated title: Volume estimation of Pterogyne nitens in pure plantation in the southwest of Bahia
Journal Title: Pesquisa Florestal Brasileira
Main Author: Magno Pacheco Fraga
Other Authors: Patrícia Anjos Bittencourt Barreto;
Alessandro de Paula
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/703
Resource type: Journal article
Source: Pesquisa Florestal Brasileira; Vol 34, No 79 (Year 2014).
DOI: http://dx.doi.org/10.4336/2014.pfb.34.79.703
Publisher: Embrapa Florestas
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Sciences --> Biodiversity Conservation
Sciences --> Biology
Sciences --> Environmental Sciences
Applied Sciences --> Agriculture, Multidisciplinary
Applied Sciences --> Agronomy
Applied Sciences --> Forestry
Abstract: A obtenção do volume é fundamental para o entendimento do potencial produtivo de um povoamento florestal. No entanto, como esta variável não é facilmente mensurável, torna-se necessária a obtenção de estimativas. Esse estudo teve como objetivos selecionar modelos volumétricos e avaliar a eficiência de três diferentes métodos para estimar o volume de madeira (fator de forma, quociente de forma e emprego de equações volumétricas ajustadas) para a espécie Pterogyne nitens Tul. , em plantio puro no Município de Vitória da Conquista, BA, Brasil. Foram cortadas e cubadas, rigorosamente, árvores para obtenção do volume individual. Foram ajustados oito modelos volumétricos, sendo os melhores modelos selecionados com base no critério de seleção do valor ponderado dos escores dos parâmetros estatísticos e distribuição de resíduos. O modelo de Stoate apresentou melhor performance para estimar tanto o volume do fuste quanto o volume total da árvore com casca de Pterogyne nitens. Todavia, para o volume do fuste, o modelo de Koperzky-Gehrhardt também proporcionou estimativas semelhantes ao anterior, podendo ser também indicado para a espécie. Dentre os métodos utilizados para estimar o volume, o mais recomendado é o emprego de modelos volumétricos ajustados.
Translated abstract: The knowledge of wood volume is essential to determine the logging productive potential of a forest plantation. However, as this variable isn’t easily measurable it’s necessary the obtainment by estimation. This study aims to select volumetric models and analyze the efficiency of three different methods to estimate the wood volume (form factor, form quotient and adjusted volumetric equation) to the species Pterogyne nitens Tul. in pure plantation in Vitoria da Conquista, State of Bahia, Brazil. The sampled trees were logged and rigorously cubed, andeight volumetric models were adjusted. The best models were selected based on the pondered value of the statistical parameters scores and residues distribution. Stoate model presented the best performance to estimate the bole volume and the total wood volume of Pterogyne nitens with bark. Nevertheless, for the bole volume, Koperzky and Gehrhardt model presented similar estimates as Stoate’s, being also indicated to this species. Among the methods used to estimate volume, it is recommended the use of adjusted volumetric models.