Resistência biológica da madeira tratada de duas espécies de Eucalyptus em ensaio de campo

Resistência biológica da madeira tratada de duas espécies de Eucalyptus em ensaio de campo
QR Code

Resistência biológica da madeira tratada de duas espécies de Eucalyptus em ensaio de campo

A madeira, devido sua origem orgânica, dependendo das condições ambientais que seja exposta, pode ser deteriorada por agentes biológicos. Em vista disto, é extremamente importante que passe por algum tratamento preservativo, com o intuito de aumentar sua vida útil. A presente pesquisa teve por objet...

Full abstract

Saved in:
Translated title: Biological resistance of treated wood of two species of Eucalyptus in field trial
Journal Title: Pesquisa Florestal Brasileira
Main Author: Magnos Alan Vivian
Other Authors: Elio José Santini;
Karina Soares Modes;
Douglas Edson Carvalho;
Weslley Wilker Corrêa Morais
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/545
Resource type: Journal article
Source: Pesquisa Florestal Brasileira; Vol 34, No 80 (Year 2014).
DOI: http://dx.doi.org/10.4336/2014.pfb.34.80.545
Publisher: Embrapa Florestas
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Sciences --> Biodiversity Conservation
Sciences --> Biology
Sciences --> Environmental Sciences
Applied Sciences --> Agriculture, Multidisciplinary
Applied Sciences --> Agronomy
Applied Sciences --> Forestry
Abstract: A madeira, devido sua origem orgânica, dependendo das condições ambientais que seja exposta, pode ser deteriorada por agentes biológicos. Em vista disto, é extremamente importante que passe por algum tratamento preservativo, com o intuito de aumentar sua vida útil. A presente pesquisa teve por objetivo avaliar a resistência biológica de madeira tratada de Eucalyptus grandis e Eucalyptus cloeziana sob a ação de organismos biodeterioradores em ensaios de campo. Para tanto, foram utilizadas árvores de E. grandis e E. cloeziana, com 16 anos de idade, que foram desdobradas em tábuas e submetidas à secagem ao ar livre para, posteriormente, efetuar-se o tratamento preservativo em autoclave com arseniato de cobre cromatado (CCA). Em seguida, foram confeccionados corpos de prova para realização do ensaio de campo. Observou-se que o tratamento preservativo foi eficiente na redução da degradação biológica das madeiras das duas espécies. Comparando-se os resultados obtidos para as duas espécies, observou-se que E. cloeziana possui maior aptidão para ser utilizado em condições adversas ou em contato com o solo.
Translated abstract: Wood can be damaged by biological agents due to its organic origin and environmental conditions. To protect the wood and increase its useful life it is necessary to submit it to preservative treatment. So, the present study aimed to evaluate the biological resistance of the treated wood of Eucalyptus grandis and Eucalyptus cloeziana under the action of biological organisms in field trials. We used trees of E. grandis and E. cloeziana, with 16 years old, which were split into planks and submitted to drying outdoors to later make up the preservative treatment in an autoclave with chromated copper arsenate (CCA). The samples were prepared to conduct the test field. It was observed that the preservative treatment was effective in reducing the biological degradation of wood from both species. Comparing the results obtained for the two species, it was observed that E. cloeziana presents greater ability to be used in adverse conditions or in contact with the ground.