Produção e avaliação de briquetes de resíduos lignocelulósicos

Produção e avaliação de briquetes de resíduos lignocelulósicos
QR Code

Produção e avaliação de briquetes de resíduos lignocelulósicos

O objetivo deste trabalho foi produzir e avaliar briquetes de resíduos de biomassa vegetal e testar diferentes tempos e temperaturas de briquetagem para alguns deles. O material utilizado foi resíduos do processamento da madeira (maravalha e serragem); pergaminho do grão e caule do cafeeiro; caule e...

Full abstract

Saved in:
Translated title: Production and evaluation of lignocellulosic residue briquettes
Journal Title: Pesquisa Florestal Brasileira
Main Author: Luana Elis de Ramos e Paula
Other Authors: Paulo Fernando Trugilho;
Raphael Nogueira Rezende;
Claudinéia Olímpia de Assis;
Ana Elisa Rodarte Baliza
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://pfb.cnpf.embrapa.br/pfb/index.php/pfb/article/view/253
Resource type: Journal article
Source: Pesquisa Florestal Brasileira; Vol 31, No 66 (Year 2011).
Publisher: Embrapa Florestas
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Sciences --> Biodiversity Conservation
Sciences --> Biology
Sciences --> Environmental Sciences
Applied Sciences --> Agriculture, Multidisciplinary
Applied Sciences --> Agronomy
Applied Sciences --> Forestry
Abstract: O objetivo deste trabalho foi produzir e avaliar briquetes de resíduos de biomassa vegetal e testar diferentes tempos e temperaturas de briquetagem para alguns deles. O material utilizado foi resíduos do processamento da madeira (maravalha e serragem); pergaminho do grão e caule do cafeeiro; caule e vagem do feijão; caule e vagem da soja; casca de arroz; folha, caule, palha e sabugo de milho e palha e bagaço de cana-de-açúcar. A briquetagem foi realizada à pressão de 150 Bar. Foram testados diferentes tempos de briquetagem para a serragem da madeira e diferentes temperaturas para a casca do arroz e para o pergaminho do café. Na avaliação da qualidade dos briquetes, determinaram-se a densidade relativa aparente, a resistência à compressão e o índice de combustão. Os resultados indicaram que o tempo e a temperatura de briquetagem interferiram na resistência mecânica dos briquetes. O melhor tempo de prensagem foi de 8 minutos e a temperatura de 125 °C. Os briquetes da casca de arroz apresentaram maior densidade e alta resistência mecânica. O maior índice de combustão foi encontrado para os briquetes da vagem do feijão.doi: 10.4336/2011.pfb.31.66.103
Translated abstract: This study aimed to produce and evaluating the briquettes made from residues of plant biomass and test different times and temperatures. The material utilized was composed of wood processing residues (wood shaving and sawdust), coffee bean parchment and coffee tree stem, beam stem and pod, soybean stem and pod, rice husk, corn leaf, stem, straw and cob and sugar cane straw and bagasse. Briquetting was performed at a pressure of 150 Bar. Different times were tested for briquetting sawdust from wood and different temperatures for rice husk and parchment coffee. For evaluation of the briquettes quality, the apparent relative density, compression resistance and combustion index were determined. The results indicated that the briquetting time and temperature interfered in the mechanical resistance of the briquettes. The best pressing time was of eight minutes and the temperature of 125 °C. The briquettes produced from rice husk presented higher density and high mechanical density. The highest combustion index was found for the bean pod briquettes.doi: 10.4336/2011.pfb.31.66.103