Três fases do humor: a subjetividade moderna, pós-moderna e hipermoderna

Três fases do humor: a subjetividade moderna, pós-moderna e hipermoderna
QR Code

Três fases do humor: a subjetividade moderna, pós-moderna e hipermoderna

A característica básica dos tempos hipermodernos, quetem início na segunda metade do século XX, é a cultura do excesso. Aslentes dos óculos que usamos parecem estar desreguladas, com umgrau maior do que o necessário. As coisas se tornam intensas eurgentes e a velocidade das mudanças é quase igual à...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Lumina
Main Author: Marcio Acselrad
Other Authors: Katiuska Macedo Facó
Palabras clave:
Language: Portuguese
Get full text: https://lumina.ufjf.emnuvens.com.br/lumina/article/view/251
Resource type: Journal article
Source: Lumina; Vol 3, No 2 (Year 2009).
Publisher: Universidade Federal de Juiz de Fora
Usage rights: Reconocimiento (by)
Subjects: Social Sciences --> Communication
Abstract: A característica básica dos tempos hipermodernos, quetem início na segunda metade do século XX, é a cultura do excesso. Aslentes dos óculos que usamos parecem estar desreguladas, com umgrau maior do que o necessário. As coisas se tornam intensas eurgentes e a velocidade das mudanças é quase igual à velocidade daluz, levando as pessoas a viverem esta aceleração como angústia,incapazes de distinguir o que é realmente necessário e importante e oque é passageiro e transitório. Para acompanhar essa velocidade, háuma transformação nos estilos, uma identificação imediata com tudoque aparece, uma vez que falta tempo hábil para o exercício da dúvidae da criticidade. O objetivo deste trabalho é investigar o papel dohumor nesta sociedade hipermoderna.