Sobre os universais

Sobre os universais
QR Code

Sobre os universais

O pensamento ocidental está infectado de Universais, que sãomeras anotações formais de supostos freqüentes primários ou secundários.É o campo do Nominalismo, em que a freqüência, por maior que seja, nãoprova universalidade no campo do espontâneo, do dado. Só se pode falarem universal como postulado...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Lumina
Main Author: MD Magno
Palabras clave:
Language: Portuguese
Get full text: https://lumina.ufjf.emnuvens.com.br/lumina/article/view/275
Resource type: Journal article
Source: Lumina; Vol 3, No 1 (Year 2009).
Publisher: Universidade Federal de Juiz de Fora
Usage rights: Reconocimiento (by)
Subjects: Social Sciences --> Communication
Abstract: O pensamento ocidental está infectado de Universais, que sãomeras anotações formais de supostos freqüentes primários ou secundários.É o campo do Nominalismo, em que a freqüência, por maior que seja, nãoprova universalidade no campo do espontâneo, do dado. Só se pode falarem universal como postulado suficiente para sustentar como axioma aprodução de uma teoria. É um postulado útil no caso, mas contestável poroutra teoria. Qualquer crença já é uma paranóia, é a sintomatização de umahipótese, de uma conjetura, como sustentada por um suposto universal. Orelativismo cultural é um universalismo disfarçado: a cultura se torna ovalor. O valor é: haver cultura.