RESILIENCE IN WOMEN WHO EXPERIENCED VIOLENCE - REVIEW OF SCIENTIFIC PRODUCTION

RESILIENCE IN WOMEN WHO EXPERIENCED VIOLENCE - REVIEW OF SCIENTIFIC PRODUCTION
QR Code

RESILIENCE IN WOMEN WHO EXPERIENCED VIOLENCE - REVIEW OF SCIENTIFIC PRODUCTION

OBJETIVO: Contribuir no aprofundamento das discussões sobre resiliência, acrescentando a Enfermagem e as mulheres que vivenciaram violência, uma vez que a resiliência pode ser desenvolvida em qualquer etapa da vida de uma pessoa e nos tempos atuais a resiliência tem sido pesquisada principalmente pe...

Full abstract

Saved in:
Translated title: RESILIENCE IN WOMEN WHO EXPERIENCED VIOLENCE - REVIEW OF SCIENTIFIC PRODUCTION
Journal Title: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
Main Author: Raquel Fonseca Rodrigues
Other Authors: Joana Iabrudi Carinhanha;
Lucia Helena Garcia Penna
Palabras clave:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/443
Resource type: Journal article
Source: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online; Vol 2, No 1 (Year 2010).
DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2010.v2i1.%p
Publisher: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Applied Sciences --> Nursing
Abstract: OBJETIVO: Contribuir no aprofundamento das discussões sobre resiliência, acrescentando a Enfermagem e as mulheres que vivenciaram violência, uma vez que a resiliência pode ser desenvolvida em qualquer etapa da vida de uma pessoa e nos tempos atuais a resiliência tem sido pesquisada principalmente pela Psicologia e concentra-se em compreender e aperfeiçoar a resiliência em crianças e adolescentes. MÉTODO: revisão bibliográfica da produção cientifica sobre resiliência em mulheres que vivenciaram violência na área da saúde pública. RESULTADO: Encontramos 5 artigos que foram categorizados em: reflexão teórica; pesquisa de campo – diagnóstica; e relato de experiências. Identificamos que as produções sobre a temática é escassa e que os estudos se concentram na visibilização da violência à mulher e suas conseqüências nocivas. Verificamos que a resiliência não está incorporada nas discussões e reflexões dos profissionais de saúde e dos pesquisadores. CONCLUSÃO: Concluímos que a promoção da resiliência é fundamental à saúde das mulheres que vivenciaram violência e é um desafio na assistência dos profissionais de saúde. É necessário incorporar a temática nos currículos de graduação e pós-graduação e nas unidades de saúde, com discussões multidisciplinares visando mudanças na assistência prestada. Descritores: Enfermagem, Violência à mulher, Resiliência.
Translated abstract: OBJECTIVE: To contribute to the deepening of discussions about resilience, adding nursing and women who experienced violence, as the resilience can be developed at any stage of a person's life nowadays and resilience has been investigated primarily by psychology and focuses on understanding and enhance resilience in children and adolescents. METHOD: A literature review of scientific literature on resilience in women who experienced violence in the area of public health. RESULTS: We found 5 articles that were categorized as theoretical, field research - diagnostic, and reporting experience. We found that the papers on the subject is scarce and the studies focus on the visualization of violence to women and its harmful consequences. We found that resilience is not incorporated in the discussions and reflections of health professionals and researchers. CONCLUSION: We conclude that the promotion of resilience is fundamental to the health of women who experienced violence and is a challenge in the care of health professionals. It is necessary to incorporate the theme in the curricula of undergraduate and postgraduate students and health units, with discussions aimed at changes in multidisciplinary care. Descriptors: Nursing, Violence against women, Resilience.