REASONS WHY THE ELDER PEOPLE DID NOT VACCINATE AGAINST INFLUENZA SEASONAL

REASONS WHY THE ELDER PEOPLE DID NOT VACCINATE AGAINST INFLUENZA SEASONAL
QR Code

REASONS WHY THE ELDER PEOPLE DID NOT VACCINATE AGAINST INFLUENZA SEASONAL

OBJETIVO: Compreender os motivos que levaram os idosos a não se vacinarem contra a Influenza seasonal. MÉTODOS: Estudo descritivo e qualitativo, fundamento na Teoria das Representações Sociais. A coleta de dados foi mediante entrevista semiestruturada gravada com 10 idosos que não se vacinaram contr...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
Main Author: Ludmila Mourão Xavier-Gomes
Other Authors: Kátia Ribeiro Antunes;
Thiago Luis Andrade-Barbosa;
Carla Silvana Oliveira Silva
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/1964
Resource type: Journal article
Source: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online; Vol 4, No 3 (Year 2012).
DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2012.v4i3.2561-2569
Publisher: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Applied Sciences --> Nursing
Abstract: OBJETIVO: Compreender os motivos que levaram os idosos a não se vacinarem contra a Influenza seasonal. MÉTODOS: Estudo descritivo e qualitativo, fundamento na Teoria das Representações Sociais. A coleta de dados foi mediante entrevista semiestruturada gravada com 10 idosos que não se vacinaram contra a Influenza. RESULTADOS: Os idosos demonstraram medo da agulha e desconhecimento acerca dos eventos adversos da vacinação, evidenciados através da preocupação com as reações provocadas pela vacina. Os idosos apresentam a ‘crença do idoso saudável’ que, está associada à recusa ao tabu de que apenas aqueles que estão doentes é que precisam da vacina. À vacina é atribuído o aspecto curativo, desconsiderando assim os benefícios preventivos. CONCLUSÃO: Os motivos que levaram os idosos a não se vacinarem contra a gripe estão associados a crenças, mitos e a falta de informação, orientação. Portanto torna-se necessário a orientação e incentivo dos profissionais de saúde.