PREVALENCE OF SMOKERS AMONG STUDENTS OF AN INSTITUTION OF HIGHER EDUCATION IN THE BACKLANDS OF PARAIBA

PREVALENCE OF SMOKERS AMONG STUDENTS OF AN INSTITUTION OF HIGHER EDUCATION IN THE BACKLANDS OF PARAIBA
QR Code

PREVALENCE OF SMOKERS AMONG STUDENTS OF AN INSTITUTION OF HIGHER EDUCATION IN THE BACKLANDS OF PARAIBA

Objetivo: objetivou-se caracterizar a prevalência de hábitos tabágicos entre estudantes de uma IES. Métodos: trata-se de um estudo quantitativo efetuado na cidade de Cajazeiras – PB em uma IES entre fevereiro e dezembro de 2010. A amostra foi composta por 248 discentes dos cursos da área da saúde of...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
Main Author: Jamelson dos Santos Pereira
Other Authors: Edineide Nunes da Silva;
Muller Portinary Cavalcante Pereira;
Eliane de Sousa Leite;
Jamili Anbar Torquato
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/2270
Resource type: Journal article
Source: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online; Vol 5, No 2 (Year 2013).
DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2013.v5i2.3856-3863
Publisher: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Applied Sciences --> Nursing
Abstract: Objetivo: objetivou-se caracterizar a prevalência de hábitos tabágicos entre estudantes de uma IES. Métodos: trata-se de um estudo quantitativo efetuado na cidade de Cajazeiras – PB em uma IES entre fevereiro e dezembro de 2010. A amostra foi composta por 248 discentes dos cursos da área da saúde oferecidos pela instituição de ensino estudada. Os dados foram obtidos através de questionário, após a assinatura do termo de anuência pelos participantes. Resultados: observou-se o seguinte percentual de estudantes tabagistas entre os cursos investigados: enfermagem 5,6%, fisioterapia 4,5% e farmácia 5,6%. A taxa identificada de ex-fumantes entre os estudantes foi: enfermagem 19%, fisioterapia 9,1% e farmácia 17%. Conclusão: o índice de estudantes tabagistas demanda da IES a adoção de estratégias pedagógicas que ilustrem os malefícios oriundos do consumo de tabaco. Descritores: tabagismo, nicotina, educação superior.