CARDIOVASCULAR RISK PROFILE OF A TEAM OF NURSING IN HEMODYNAMIC

CARDIOVASCULAR RISK PROFILE OF A TEAM OF NURSING IN HEMODYNAMIC
QR Code

CARDIOVASCULAR RISK PROFILE OF A TEAM OF NURSING IN HEMODYNAMIC

Objetivo: Identificar a existência de portadores de fatores de risco para as doenças cardiovasculares entre os integrantes de uma equipe de enfermagem, de um Setor de Hemodinâmica, com vista a estabelecer o perfil cardiovascular. Método: Pesquisa descritiva com abordagem quantitativa. A população es...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
Main Author: Mariluse Brandão Santos
Other Authors: Joanir Pereira Passos;
Caroline Aquino Pereira;
Priscila Grangeia Santos;
Greice Petronilho Prata;
Marcelle Nolasco Gomes Rodrigues
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/828
Resource type: Journal article
Source: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online; Vol 2, No 4 (Year 2010).
DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2010.v2i4.%p
Publisher: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Applied Sciences --> Nursing
Abstract: Objetivo: Identificar a existência de portadores de fatores de risco para as doenças cardiovasculares entre os integrantes de uma equipe de enfermagem, de um Setor de Hemodinâmica, com vista a estabelecer o perfil cardiovascular. Método: Pesquisa descritiva com abordagem quantitativa. A população estudada foi constituída por 13 profissionais, envolvendo enfermeiros e auxiliares de enfermagem de um Setor de Hemodinâmica de um hospital público localizado na cidade do Rio de Janeiro. Resultados: Ao investigarmos a existência de fatores de risco para as doenças cardiovasculares, o diabetes mellitus foi o único fator de risco inexistente entre os entrevistados. Dentre os fatores de risco destacamos o estresse como o fator de risco encontrado em todos os investigados (100%), a dislipidemia foi o segundo fator de risco encontrado, correspondendo a 11 (85%), seguido do sedentarismo em nove (69%) e da hipertensão arterial em oito (61%) da população estudada. Conclusão: O estudo evidenciou que a maioria dos entrevistados enquadra-se no grupo de baixo risco, ou seja, possuem uma probabilidade menor que 10% de desenvolver um evento cardiovascular nos próximos dez anos. Descritores: Enfermagem; Trabalho; Fatores de risco; Doenças cardiovasculares, Hemodinâmica.