The complexity of the nursing work in hospiatl for custody and psychiatric treatment

The complexity of the nursing work in hospiatl for custody and psychiatric treatment
QR Code

The complexity of the nursing work in hospiatl for custody and psychiatric treatment

Objetivo: analisar as formas com que os profissionais de enfermagem lidam com a complexidade do trabalho no Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico. Métodos: pesquisa qualitativa descritiva, tendo como sujeitos 15 trabalhadores de enfermagem. A coleta de dados se deu por intermédio da entrevi...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
Main Author: Fernanda de Souza Santos
Other Authors: Geilsa Soraia Cavalcanti Valente
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/2871
Resource type: Journal article
Source: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online; Vol 6, No 1 (Year 2014).
DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2014.v6i1.109-117
Publisher: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Applied Sciences --> Nursing
Abstract: Objetivo: analisar as formas com que os profissionais de enfermagem lidam com a complexidade do trabalho no Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico. Métodos: pesquisa qualitativa descritiva, tendo como sujeitos 15 trabalhadores de enfermagem. A coleta de dados se deu por intermédio da entrevista semiestruturada e análise temática de conteúdo. Resultados: a principal estratégia de proteção e prevenção à saúde do trabalhador foi a interdisciplinaridade nas ações. Conclusão: evidenciou-se a necessidade de medidas educativas voltadas para a definição do papel do Hospital de Custódia na sociedade e na vida dos psicóticos infratores, e a reestruturação da organização do trabalho de forma interdisciplinar, a fim de que este se converta em possibilidades de criação e realização para o trabalhador, no que diz respeito ao seu aparelho físico e psíquico.