REFLECTIONS ON THE QUALITY OF WORK LIFE OF NURSES IN THE PREHOSPITAL

REFLECTIONS ON THE QUALITY OF WORK LIFE OF NURSES IN THE PREHOSPITAL
QR Code

REFLECTIONS ON THE QUALITY OF WORK LIFE OF NURSES IN THE PREHOSPITAL

Objetivo: Descrever como os enfermeiros que atuam no SAMU-Mossoró-RN, Brasil, percebem os reflexos desse tipo de trabalho em sua qualidade de vida. Métodos: Estudo qualitativo de abordagem descritiva, em que foi utilizada a entrevista semiestruturada a fim de descrever os reflexos do trabalho na qua...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
Main Author: Cláudia Cristiane Filgueira Martins
Other Authors: Alcivan Nunes Vieira;
Viviane Euzebia Pereira Santos
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/1857
Resource type: Journal article
Source: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online; Vol 4, No 4 (Year 2012).
DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2012.v4i4.2966-2971
Publisher: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Applied Sciences --> Nursing
Abstract: Objetivo: Descrever como os enfermeiros que atuam no SAMU-Mossoró-RN, Brasil, percebem os reflexos desse tipo de trabalho em sua qualidade de vida. Métodos: Estudo qualitativo de abordagem descritiva, em que foi utilizada a entrevista semiestruturada a fim de descrever os reflexos do trabalho na qualidade de vida desses profissionais. Participaram do estudo seis enfermeiros do SAMU Mossoró-RN. Resultados: Os participantes do estudo relacionaram que o confronto com situações de natureza estressante interfere na qualidade de vida sendo expresso em cansaço e desmotivação, além de não possuir tempo para o desenvolvimento de atividades que lhe deem prazer fora do ambiente de trabalho. Conclusão: O profissional de enfermagem deve buscar atividades que lhe deem prazer e satisfação tanto no ambiente de trabalho como fora dele para que o seu corpo e mente não se tornem vítimas das consequências negativas que o viver para o trabalho proporciona.