Strategies for joining to the treatment for seropositive pregnant women to human immunodeficiency virus

Strategies for joining to the treatment for seropositive pregnant women to human immunodeficiency virus
QR Code

Strategies for joining to the treatment for seropositive pregnant women to human immunodeficiency virus

Objetivo: Identificar as estratégias que os profissionais utilizam para auxiliar na adesão ao tratamento de gestantes soropositivas para o Vírus da Imunodeficiência Humana. Métodos: Trata-se de uma pesquisa exploratória, descritiva de caráter qualitativo desenvolvida com dez profissionais que atuam...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
Main Author: Fabiani Weiss Pereira
Other Authors: Raquel Einloft Kleinubing;
Silomar Ilha;
Giovana Calcagno Gomes;
Michele Bulhosa de Souza
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/3799
Resource type: Journal article
Source: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online; Vol 7, No 3 (Year 2015).
DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2015.v7i3.2796-2804
Publisher: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Applied Sciences --> Nursing
Abstract: Objetivo: Identificar as estratégias que os profissionais utilizam para auxiliar na adesão ao tratamento de gestantes soropositivas para o Vírus da Imunodeficiência Humana. Métodos: Trata-se de uma pesquisa exploratória, descritiva de caráter qualitativo desenvolvida com dez profissionais que atuam em um Centro de Testagem e Aconselhamento no sul do Brasil. Os dados, coletados no período de maio de 2010 por meio de entrevistas semiestruturadas, foram submetidos à análise temática. Resultados: Os resultadosapontaram como estratégias ações de acolhimento, visando a inclusão dessas gestantes no serviço e a aproximação com a equipe; a realização de atividades grupais e a busca ativa das faltosas, respeitando sua autonomia e preservando seu sigilo.  Conclusão: Concluiu-se que para a adesão ao tratamento é necessário que a equipe esteja envolvida no atendimento de forma interdisciplinar, humanizada e qualificada, podendo o enfermeiro ser o articulador das ações. Descritores: HIV, Gestantes, Profissionais da saúde, Enfermagem.