Family interview for organ donation: necessary knowledge according to coordinators in organ transplants

Family interview for organ donation: necessary knowledge according to coordinators in organ transplants
QR Code

Family interview for organ donation: necessary knowledge according to coordinators in organ transplants

Objetivos: compreender a importância atribuída a entrevista familiar dentro dos passos da doação de órgãos pela equipe multidisciplinar de coordenadores avançados em transplantes; e, identificar quais conhecimentos são necessários para realização da entrevista na visão dos coordenadores. Método: Abo...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
Main Author: Paula Isabella Marujo Nunes da Fonseca
Other Authors: Cláudia Mara de Melo Tavares;
Thiago Nogueira Silva;
Laís Mariano Paiva;
Verônica de Oliveira Augusto
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/4985
Resource type: Journal article
Source: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online; Vol 8, No 1 (Year 2016).
DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2016.v8i1.3979-3990
Publisher: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Applied Sciences --> Nursing
Abstract: Objetivos: compreender a importância atribuída a entrevista familiar dentro dos passos da doação de órgãos pela equipe multidisciplinar de coordenadores avançados em transplantes; e, identificar quais conhecimentos são necessários para realização da entrevista na visão dos coordenadores. Método: Abordagem qualitativa, estudo hermenêutico; aprovado pelo Comitê de Ética nº 321/11. Dados foram obtidos com vinte e quatro sujeitos, no período de jan/mai 2012, por entrevista semi-estruturada contendo oito questões abertas. Resultados: A entrevista familiar é considerada como decisiva/determinante para o processo da doação, também representa meio educativo e de apoio emocional. É preciso ter conhecimentos técnicos, saber e acreditar no processo da doação, possuir características pessoais e profissionais específicas para realizá-la, assim como saber lidar com os familiares. Conclusão: a entrevista é reconhecida como um momento de extrema importância no processo, representando um ponto crucial no qual não somente o conhecimento técnico é relevante, mas também o preparo emocional do entrevistador.Descritores: Entrevista, Pessoal de saúde, Transplantes, Enfermagem psiquiátrica.