ACCESSION OF INDIVIDUALS TO HEMODIALYSIS THERAPY

ACCESSION OF INDIVIDUALS TO HEMODIALYSIS THERAPY
QR Code

ACCESSION OF INDIVIDUALS TO HEMODIALYSIS THERAPY

Objetivo: analisar os indicadores de adesão relacionados com o perfil sociodemográfico de indivíduos submetidos ao tratamento hemodialítico. Método: pesquisa quantitativa realizada com 56 indivíduos em hemodiálise numa clínica renal no interior do Rio Grande do Sul. Os dados foram coletados por meio...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
Main Author: Margrid Beuter
Other Authors: Luana Rodrigues Muller;
Cecília Maria Brondani;
Macilene Regina Pauletto;
Arlete Maria Brentano Timm;
Nara Marilene Oliveira Girardon-Perlini
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/2147
Resource type: Journal article
Source: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online; Vol 5, No 2 (Year 2013).
DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2013.v5i2.3558-3566
Publisher: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Applied Sciences --> Nursing
Abstract: Objetivo: analisar os indicadores de adesão relacionados com o perfil sociodemográfico de indivíduos submetidos ao tratamento hemodialítico. Método: pesquisa quantitativa realizada com 56 indivíduos em hemodiálise numa clínica renal no interior do Rio Grande do Sul. Os dados foram coletados por meio de questionário e consulta ao prontuário, nos meses de agosto e setembro de 2008. Resultados: os indivíduos casados com idade acima de 60 anos, analfabetos, ou ensino fundamental incompleto, com tempo de tratamento entre um a cinco anos adotaram maior quantidade de indicadores de adesão; indivíduos com renda superior a cinco salários mínimos aderiram a menos indicadores. Conclusão: Existem vários fatores envolvidos na adesão ao tratamento hemodialítico agindo de forma inter-relacionada. Cada indivíduo segue o tratamento de forma única e singular, influenciado por inúmeros fatores adquiridos ao longo da vida. Essas particularidades condicionam a resposta ao tratamento e devem ser entendidas pelos profissionais de saúde.