PRESSURE ULCERS ASSESSMENT THROUGH THE PRESSURE ULCER SCALE FOR HEALING APPLICATION (PUSH)

PRESSURE ULCERS ASSESSMENT THROUGH THE PRESSURE ULCER SCALE FOR HEALING APPLICATION (PUSH)
QR Code

PRESSURE ULCERS ASSESSMENT THROUGH THE PRESSURE ULCER SCALE FOR HEALING APPLICATION (PUSH)

OBJETIVO: avaliar úlceras por pressão(UPP) com enfoque na aplicação da escala PUSH. METODOLOGIA: Realizou-se entre setembro-outubro de 2010, estudo longitudinal prospectivo em três Unidades de Terapia Intensiva de um Hospital, Teresina, Piauí com amostra de 19 pacientes e 134 aplicações da PUSH, não...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
Main Author: Stefy Letícia Pessoa Silveira
Other Authors: Grazielle Roberta freitas da Silva;
Elaine Cristina Carvalho Moura;
Elaine Maria Leite Rangel;
Jairo Edielson Rodrigues Barbosa de Sousa
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/2035
Resource type: Journal article
Source: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online; Vol 5, No 2 (Year 2013).
DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2013.v5i2.3847-3855
Publisher: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Applied Sciences --> Nursing
Abstract: OBJETIVO: avaliar úlceras por pressão(UPP) com enfoque na aplicação da escala PUSH. METODOLOGIA: Realizou-se entre setembro-outubro de 2010, estudo longitudinal prospectivo em três Unidades de Terapia Intensiva de um Hospital, Teresina, Piauí com amostra de 19 pacientes e 134 aplicações da PUSH, não probabilística por conveniência. RESULTADOS: caracterizada pelo predomínio de UPP no sexo feminino(52,6%), ≥ 80 anos(36,8%) e cor parda(52,6%);. Prevaleceu cuidadores diretos-filhos(73,7%). Todos os pacientes apresentaram sonda vesical, incontinência intestinal, restrição ao leito com média de 1,18 anos (±5,18), limitações em 73,68% causada pela doença de base e 84,2% inconscientes. A prevalência de UPP foi 61,29%, das quais 63,33% localizadas na região sacral, grau II, 29,6% tratadas com óleo AGE. Houve queda ou manutenção dos escores da escala. CONCLUSÃO: a PUSH é útil na avaliação da cicatrização de feridas permitindo monitorar resultados globais e apresentando-se válida para integrar protocolos, a fim de implementar a assistência de enfermagem.