PERCEPTIONS AND NEEDS OF RELATIVES OF PATIENTS HOSPITALIZED IN AN INTENSIVE CARE UNIT

PERCEPTIONS AND NEEDS OF RELATIVES OF PATIENTS HOSPITALIZED IN AN INTENSIVE CARE UNIT
QR Code

PERCEPTIONS AND NEEDS OF RELATIVES OF PATIENTS HOSPITALIZED IN AN INTENSIVE CARE UNIT

OBJETIVO: Conhecer as percepções e necessidades dos familiares de pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva. MÉTODO: Estudo descritivo de abordagem qualitativa. Os dados foram coletados com familiares de pacientes internados em uma Unidade de Terapia Intensiva, de um hospital universitári...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
Main Author: Silviamar Camponogara
Other Authors: Tanise Martins dos Santos;
Isabela Lencina Rodrigues;
Liza Frota;
Daniele Amaro;
Monike Turra
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/2309
Resource type: Journal article
Source: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online; Vol 5, No 4 (Year 2013).
DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2013.v5i4.622-634
Publisher: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Applied Sciences --> Nursing
Abstract: OBJETIVO: Conhecer as percepções e necessidades dos familiares de pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva. MÉTODO: Estudo descritivo de abordagem qualitativa. Os dados foram coletados com familiares de pacientes internados em uma Unidade de Terapia Intensiva, de um hospital universitário, por meio de entrevista semiestruturada. Os achados foram analisados de acordo com o referencial de análise de conteúdo. RESULTADOS: Os dados evidenciam que os familiares vivenciam sentimentos contraditórios em relação a UTI. Embora a percebam como um setor onde prevalece o medo da morte, também entendem que é o local onde há melhor qualidade de cuidados. Os familiares demonstram ter, principalmente, necessidade de interação com a equipe multiprofissional, por meio de uma comunicação efetiva com os profissionais. CONCLUSÃO: Conclui-se ser necessário manter um processo dialógico efetivo com os familiares dos pacientes internados em UTI, com vistas a possibilitar que vivenciem de forma mais tranquila esse período.   DESCRITORES: Cuidados de enfermagem; Enfermagem familiar; Humanização da assistência.