SCENARIO ORAL ROTAVIRUS VACCINE IN HUMAN PERIPHERAL REGION OF RIO DE JANEIRO

SCENARIO ORAL ROTAVIRUS VACCINE IN HUMAN PERIPHERAL REGION OF RIO DE JANEIRO
QR Code

SCENARIO ORAL ROTAVIRUS VACCINE IN HUMAN PERIPHERAL REGION OF RIO DE JANEIRO

Objetivo: Avaliar a cobertura da vacina oral do Rotavírus humano em lactentes entre janeiro de 2006 a dezembro de 2009. Método: Estudo documental e descritivo com abordagem quantitativa. Os dados foram coletados através das fichas espelhos da caderneta de vacinação infantil. O Comitê de Ética em Pes...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
Main Author: Viviane da Silva Magalhães
Other Authors: Inês Maria Meneses dos Santos;
Isis Vanessa Nazareth;
Maria Aparecida de Luca Nascimento;
Maria Elisa Badolati
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/2254
Resource type: Journal article
Source: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online; Vol 5, No 2 (Year 2013).
DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2013.v5i2.3717-3722
Publisher: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Applied Sciences --> Nursing
Abstract: Objetivo: Avaliar a cobertura da vacina oral do Rotavírus humano em lactentes entre janeiro de 2006 a dezembro de 2009. Método: Estudo documental e descritivo com abordagem quantitativa. Os dados foram coletados através das fichas espelhos da caderneta de vacinação infantil. O Comitê de Ética em Pesquisa da SMS-RJ aprovou a pesquisa sobre CAAE nº 0015.0.314.000-10. Resultados: O maior índice de cobertura vacinal foi em 2006 (83,2%) em relação aos outros anos. Em 2007 constata-se que 125 (10,6%) espelhos da caderneta de vacinação não constavam anotações sobre a vacina oral do Rotavírus humano; somente 120 (9,9%) crianças realizaram a primeira dose em 2008; as que realizaram as duas doses entre os anos de 2006 a 2009 somaram 3.833 (80,6%). Conclusão: O desafio de garantir cobertura vacinal de 100% para a população infantil requer de todos os envolvidos nesse processo um empenho intersetorial. Descritores: Saúde da criança, vacinação, vacinas contra Rotavírus.