Fragility and functional status of institutionalized elderly

Fragility and functional status of institutionalized elderly
QR Code

Fragility and functional status of institutionalized elderly

Objetivo: Averiguar a associação entre a fragilidade nesses idosos e a variável clínica status funcional. Método: Pesquisa de campo, de natureza quantitativa, da qual participaram 22 idosos. Os dados foram coletados por meio da Edmonton Frail Scale (EFS), o Índex de Katz e a escala de Lawton e anali...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
Main Author: Marcella Costa Souto Duarte
Other Authors: Ubiraciara Soares de Lima;
Karla Fernandes de Albuquerque;
Carla Braz Evangelista;
Hugo Costa Souto;
Anna Claudia Freire de Araújo Patrício
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/3583
Resource type: Journal article
Source: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online; Vol 7, No 3 (Year 2015).
DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2015.v7i3.2688-2696
Publisher: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Applied Sciences --> Nursing
Abstract: Objetivo: Averiguar a associação entre a fragilidade nesses idosos e a variável clínica status funcional. Método: Pesquisa de campo, de natureza quantitativa, da qual participaram 22 idosos. Os dados foram coletados por meio da Edmonton Frail Scale (EFS), o Índex de Katz e a escala de Lawton e analisados no SPSS for Windows. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa sob CAAE n° 0031.0.470.000-11. Resultados: Evidenciou-se grande parte dos idosos possuíam algum tipo de fragilidade (63,7%) e apresentavam boa capacidade funcional para realização das atividades de vida diárias (41,8%). No entanto, 59% apresentavam algum tipo de dependência ou necessidade de auxílio para realização das atividades instrumentais diárias. Conclusão: Há uma necessidade uma assistência qualificada e voltada para melhoria da qualidade de vida e independência dos idosos fragilizados, inclusive nas instituições de longa permanência.