Skills and hands ability: dealing with the teaching of semiotics in nursing

Skills and hands ability: dealing with the teaching of semiotics in nursing
QR Code

Skills and hands ability: dealing with the teaching of semiotics in nursing

Objetivos: Produzir ideias a partir do estímulo à imaginação que possam indicar solução de problemas identificados por estudantes de enfermagem e apresentar as ideias e os possíveis produtos decorrentes de suas imaginações. Método: cartográfico de natureza qualitativa. O cenário de investigação inst...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
Main Author: Paulo Sergio da Silva
Other Authors: Ricardo Luiz Ramos;
Karinne Cristinne da Silva Cunha;
Nébia Maria Almeida de Figueiredo
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/3685
Resource type: Journal article
Source: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online; Vol 7, No 3 (Year 2015).
DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2015.v7i3.2874-2886
Publisher: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Applied Sciences --> Nursing
Abstract: Objetivos: Produzir ideias a partir do estímulo à imaginação que possam indicar solução de problemas identificados por estudantes de enfermagem e apresentar as ideias e os possíveis produtos decorrentes de suas imaginações. Método: cartográfico de natureza qualitativa. O cenário de investigação institucional consiste em uma universidade pública localizada no estado do Rio de Janeiro. Participaram deste estudo dezesseis estudantes de enfermagem. Resultados: Foram produzidas doze imagens por estudantes de enfermagem (73,4%), enquanto que apenas quatro estudantes (26,6%), não elaboraram nenhuma imagem. Os dados produzidos foram trabalhados em três momentos intitulados: "rastreando para tocar", "tocando para pousar" e "pousando para reconhecer". Conclusão: Identificamos problemas resultantes de experiência com familiares, às criações das ideias transformadas em produtos ou processos envolveram inovações de tecnologias leve-duras e criação de aplicativos, tablets para clientes internados.