COMMUNICATION BETWEEN THE HEALTH TEAM IN A SURGICAL CLINIC: THE LOOK OF PROFESSIONALS OF A PROGRAM OF MULTIPROFESSIONAL RESIDENCE IN HEALTH

COMMUNICATION BETWEEN THE HEALTH TEAM IN A SURGICAL CLINIC: THE LOOK OF PROFESSIONALS OF A PROGRAM OF MULTIPROFESSIONAL RESIDENCE IN HEALTH
QR Code

COMMUNICATION BETWEEN THE HEALTH TEAM IN A SURGICAL CLINIC: THE LOOK OF PROFESSIONALS OF A PROGRAM OF MULTIPROFESSIONAL RESIDENCE IN HEALTH

Objetivo: relatar a experiência de um grupo multiprofissional de residentes de um hospital universitário público na assistência ao indivíduo hospitalizado em uma clínica cirúrgica. Discorrer sobre as formas de comunicação utilizadas pelos profissionais. Métodos: Consiste em um relato de experiência...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
Main Author: Mariah Azevedo Aredes
Other Authors: Lívia Azevedo Bahia;
Cíntia Santiso Malheiro Carvalho Silva;
Daniel Aragão;
Rosane Mello
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/1718
Resource type: Journal article
Source: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online; Vol 5, No 4 (Year 2013).
DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2013.v5i4.458-466
Publisher: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Applied Sciences --> Nursing
Abstract: Objetivo: relatar a experiência de um grupo multiprofissional de residentes de um hospital universitário público na assistência ao indivíduo hospitalizado em uma clínica cirúrgica. Discorrer sobre as formas de comunicação utilizadas pelos profissionais. Métodos: Consiste em um relato de experiência que aborda a atuação e observação de residentes de enfermagem, fisioterapia e nutrição pertencentes ao Programa de Residência Multiprofissional de Saúde de um Hospital Universitário no Rio de Janeiro quanto à comunicação interprofissional em uma clínica cirúrgica. Relato de experiência: a abordagem ao paciente cirúrgico aconteceu tanto no período pré e pós-operatório. Observamos alguns tipos de comunicação: profissional-paciente, profissional-profissional, paciente-paciente, profissional-familiar e paciente-familiar. Conclusão: a vivência possibilitou o aprendizado de questões relevantes a cada área e o trabalho articulado. Percebemos que a comunicação proporcionou integração dos conhecimentos, otimizou e melhorou a qualidade do atendimento.