BURNOUT SYNDROME: PROFILE OF ESTRESS IN TEACHERS WORKING IN HIGHER EDUCATION INSTITUTIONS OF THE BAIXADA FLUMINENSE, RJ

BURNOUT SYNDROME: PROFILE OF ESTRESS IN TEACHERS WORKING IN HIGHER EDUCATION INSTITUTIONS OF THE BAIXADA FLUMINENSE, RJ
QR Code

BURNOUT SYNDROME: PROFILE OF ESTRESS IN TEACHERS WORKING IN HIGHER EDUCATION INSTITUTIONS OF THE BAIXADA FLUMINENSE, RJ

Objetivo: analisar o perfil do estresse relacionado ao trabalho em professores atuantes na área de Ciências da Saúde. Métodos: estudo observacional, do tipo transversal, tendo como população alvo os professores da área de Ciências da Saúde. A amostra foi constituída por 80 professores que trabalhava...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
Main Author: Ricardo de Mattos Russo Rafael
Other Authors: Ariane Cristine de Oliveira Bezerra;
Érica Barcelos Silva;
Priscila Costa Boto;
Alessandra Januário;
Jéssica Oliveira Santos
Palabras clave:
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/1472
Resource type: Journal article
Source: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online; Vol 3, No 4 (Year 2011).
DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2011.v3i4.2329-2337
Publisher: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Applied Sciences --> Nursing
Abstract: Objetivo: analisar o perfil do estresse relacionado ao trabalho em professores atuantes na área de Ciências da Saúde. Métodos: estudo observacional, do tipo transversal, tendo como população alvo os professores da área de Ciências da Saúde. A amostra foi constituída por 80 professores que trabalhavam em duas Universidades da Região da Baixada Fluminense, RJ. O modelo foi analisado com base na criação de um banco de dados informatizados. Resultados: os dados analisados revelam que as mulheres casadas obtiveram um elevado grau de comprometimento das dimensões da Síndrome; que quanto maior a jornada semanal de trabalho, maior a frequência das alterações decorrentes da Síndrome de Burnout, e que quanto maior a frequência semanal de atividades físicas, menor a probabilidade de apresentação do fenômeno. Conclusão: o presente estudou possibilitou destacar as reações físicas, psicológicas e sociais relacionadas com a exposição crônica ao estresse laboral contínuo. Descritores: Esgotamento profissional; Saúde do trabalhador; Docentes.