Physical and functional evaluation of vaccination rooms from the public municipal network of Caxias-MA

Physical and functional evaluation of vaccination rooms from the public municipal network of Caxias-MA
QR Code

Physical and functional evaluation of vaccination rooms from the public municipal network of Caxias-MA

Objetivo: Avaliar a padronização das salas de vacinas da cidade de Caxias, Maranhão. Métodos: Trata-se de um estudo exploratório, observacional, transversal de cunho descritivo, com abordagem quantitativa, realizado no período de maio a agosto de 2014, em 21 salas de vacinas das Unidades Básicas de...

Full abstract

Saved in:
Journal Title: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online
Main Author: Raimundo Nonato Silva Gomes
Other Authors: Nytale Lindsay Cardoso Portela;
Aliny de Oliveira Pedrosa;
Juliane Danielly Santos Cunha;
Luma Ravena Soares Monte;
Charlles Nonato da Cunha Santos
Traslated keyword:
Language: Portuguese
Get full text: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/4046
Resource type: Journal article
Source: Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online; Vol 8, No 1 (Year 2016).
DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2016.v8i1.3793-3802
Publisher: Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Usage rights: Reconocimiento - NoComercial - SinObraDerivada (by-nc-nd)
Subjects: Applied Sciences --> Nursing
Abstract: Objetivo: Avaliar a padronização das salas de vacinas da cidade de Caxias, Maranhão. Métodos: Trata-se de um estudo exploratório, observacional, transversal de cunho descritivo, com abordagem quantitativa, realizado no período de maio a agosto de 2014, em 21 salas de vacinas das Unidades Básicas de Saúde do município do Caxias-MA. As salas de vacinas foram avaliadas em relação ao espaço físico, ao material permanente, ao material de apoio e consumo, ao material para atividade de vacinação extramuros aos impressos e manuais. Resultados: Das 21 salas de vacinas, 05 não estavam em funcionamento. Portanto, avaliou-se de 16 salas de vacinas. Dessas, 62,5% foram consideradas boas e 37,5% alcançaram índice ruim. Conclusão: No presente estudo, observaram-se falhas em diversas salas de vacinas, dificultando a prestação de um serviço de proteção adequado, padronizado pelo Ministério da Saúde. Descritores: Avaliação de serviços de saúde, Vacina, Programas de Imunização.